Esperança – Ilustração

Categoria:

Há palavras e conceitos que acreditamos conhecer todo o seu significado. O fato de convivermos com ela nos dá a sensação de que já esgotamos seu conteúdo. Assim acontece com a palavra esperança. Parece que já conhecemos tudo sobre este assunto. Vamos fazer um exercício simples: tente explicar o sentido de esperança para uma criança… Percebeu? Na verdade não é tão simples assim.

Certa vez um jovem procurou um sábio na intenção de descobrir o que realmente significava esperança. O jovem estava ansioso, e acreditava que o sábio iria lhe oferecer um bom tempo de profundo conhecimento, acreditava que iria desfrutar, certamente de uma das mais preciosas palestras de sua vida. Ao chegar percebeu que o local, uma aldeia, era muito simples, e perguntando pelo sábio descobriu também que residia em uma casa modesta, com fogão a lenha, sem luz elétrica, sem eletrodomésticos, nada muito sofisticado. Era um homem do campo. Isso lhe trouxe preocupação e perguntas: como pode ser um sábio morando em lugar tão ermo e vivendo nesta simplicidade?

O jovem ao chegar fora muito bem recebido, acolhido. E logo foi fazendo perguntas e mais perguntas, ficando impressionado com sua sabedoria, até chegar naquilo que mais queria: como o senhor sendo sábio, o mais sábio, definiria a esperança? Foi então para isso que você veio? perguntou o sábio. O jovem assentiu com a cabeça. Pois bem, é como o nascer do Sol. O jovem ficou pensativo e na sua expressão percebia-se a decepção. Então disse: Mas como…, só isso? O sábio respondeu: a escuridão da noite traz medo e preocupação, esperamos o sol raiar e com ele um novo dia. Simples como deve ser. Concluiu.

A humanidade estava na escuridão, mas o sol nascente trouxe vida: Jesus Cristo – o filho de Deus. A esperança não está nos bens materiais, no conforto ou na vida sofisticada que conquistamos, mas na luz que Deus revelou em Cristo.

Compartilhe

Artigos Relacionados

Nenhum comentário para "Esperança – Ilustração"

Postar um comentário